José Rodrigo Rodriguez

Missão espacial

In Poemas para mim mesmo on 04/09/2011 at 2:46

A Terra também se move,
mas não é isso que importa,
há uma falha grave no projeto
há uma cisão importante no grupo
e uma idéia deslocada na página ainda
não virada, há um ponto cego bem ao lado
da porta, fora do alcance dos espelhos cruzados,
a física mais avançada na chuva de guarda-chuva,
os gastos com o programa espacial da missão para
Júpiter, ou eu ou você só podemos estar errados:
a fome de saber só faz crescer, pois quanto mais
se devora, mais tempo eu mesmo levaria para
desaparecer e se eu quisesse mesmo me matar
seria assim tão fácil ou estudar e estudar
é o que me resta, pois a Terra também
está aqui, no fundo do meu peito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: