José Rodrigo Rodriguez

Meus Seios (fragmento)

In Aforismas e fragmentos on 27/01/2011 at 16:44

Meus Seios é o nome do livro de poemas que escrevi. Como um travesti de teatro, procuro estar no lugar das mulheres para entender seu mundo.

Mas esse não é o único assunto que me interessa. Às vezes sou um índio imaginário, um operário imaginário, um egípcio imaginário, um chapeiro imaginário, um executivo, uma pedra, um tamanduá, um pirulito, um refresco de tamarindo.

Minha poesia nasce da encenação deste gesto impossível: sair de mim mesmo para encarnar outra coisa, animal, vegetal ou mineral. Falta-me o talento para ser ator, mas utilizo o princípio da atividade em minha lírica teatral de múltiplas personalidades.

Porque há sempre milhares de seres gritando e se debatendo dentro da minha cabeça. E de tempos em tempos, alguns deles precisam sair. Para que o crânio não estoure e eu acredite que entendi um pouco melhor o que é esse mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: