José Rodrigo Rodriguez

Deus existe? (fragmento)

In Aforismas e fragmentos on 30/12/2010 at 18:42

Para um sociólogo Deus existe porque determina comportamentos. Para Derrida, o que resta de Marx é um sentimento messiânico laicizado que seria mais preciso chamar de “autonomia”, com o inconveniente de rebaixar ao nível humano aquilo que parte da esquerda deseja que continue no mesmo patamar de Deus. A melhor maneira de preservar um mistério é não falar dele, não invocar seu nome em vão, não dar concretude aos sentimentos e desejos mais sublimes. Peço silêncio sobre a revolução: basta saber que ela virá. Sem nenhum trabalho a ser feito: crise, redenção, paraíso na Terra.

Mas é diferente transcender a partir de um projeto lépido e fagueiro do que levantar vôo a partir do chão da realidade histórica. Todo artista sabe disso. O material tem leis, flexíveis, mas coercitivas. Quem acredita que um gênio nasce do nada é um neófito, um completo idiota ou está mal intencionado politicamente. Não se pode transformar madeira em ferro: compreender tal limitação é o jardim da infância de todo desejo de expressão. Um meio nunca é apenas um meio: normalmente ele é quase tudo e nunca se pode escapar dele. Não é possível saltar sobre a própria sombra ou nascer sem ela, como o personagem da literatura alemã, cujo legado é largamente conhecido.

O conceito de “material” da Teoria Estética de Adorno é um conceito político. É preciso criar uma poética das instituições. Mas de onde nasce o desejo de criar com ferro ou madeira, argila ou mármore, óleo ou palavras? O que preside a livre escolha dos materiais? Como um artista encontra seu meio de expressão mais adequado dentre aqueles que seu contexto oferece? E dentre aqueles que ele se vê obrigado a inventar parcialmente por condensação ou por deslocamento? Trabalho do sonho: resina industrial, casca de ovo, isopor, espuma de banho, forma direito, estado, parlamento, poder judiciário, justiça restaurativa?

Por que buscar novos meios e suportes? Qual o motor da criação? Deus existe? E o que ele é? A origem animal de Deus: instinto menos objeto é igual a desejo. Aquisição evolutiva: só há autonomia se houver a fome de fazer mais. Sem justificativa possível.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: