José Rodrigo Rodriguez

Canção de Acasos

In Poemas para mim mesmo on 30/10/2010 at 15:32

Ritmo de coral
brilho de nuvem
chego a São Paulo por todos os lados
todos os trincos estão fechados
ritmo de coral
brilho de nuvem.

Chego a São Paulo a pé e ao cabo
ritmo de coral
chuva de estrelas
ninguém me espera contando adros
ritmo de coral
chuva de estrelas.

Vejo os meus mortos acelerados
ritmo de coral
couro de dardos
lápide pedra se derrete ao largo
ritmo de coral
couro de dardos.

Chego a São Paulo a pé e acabo
ritmo de coral
pata de gato
por entre os muros desencapados
ritmo de coral
pata de gato.
olhos baixios somando acasos
couro de nuvem
chuva de dardos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: