José Rodrigo Rodriguez

Archive for abril \26\UTC 2010|Monthly archive page

O Tamanduá bandeira pergunta…

In O Tamanduá Bandeira pergunta... on 26/04/2010 at 17:36

Às vezes eu fico em dúvida diante das evidências mais inequívocas. Tem dias que eu acredito que comprar em dez vezes sem juros é sem juros mesmo, que a Marina Silva não é criacionista e que existe feijoada light.

Nestas ocasiões, fico precisado da ajuda de pessoas capazes de me fazer voltar à realidade. Continuo a registrar neste blog algumas destas questões sob o nome “O Tamanduá Bandeira pergunta…”, sempre em busca de auxílio para ser capaz de ver aquilo que está diante do meu nariz.

Pois mesmo dando bandeira, tem gente (como eu) que não se toca!

O Tamanduá Bandeira…

pergunta:

Sobre futebol moleque

A glorificação do futebol moleque e do craque, tão talentoso que não precisa sequer treinar, tem alguma coisa a ver com a falta de importância que o Brasil dá ao esforço, ao trabalho e à dedicação? Tem algo a ver com o fato do Brasil ser um país de empresas familiares e muitos cargos em comissão, em que a meritocracia ainda não tomou conta, de maneira definitiva, do acesso aos bons empregos, e resta sonhar com o “milagre” do talento para conseguir um lugar de destaque?

Sobre relacionamento no trabalho

Nenhum convite para almoço ou happy hour é motivado pelo afeto? É tudo networking? Ninguém gosta de mim?

Sobre bigodes

Para além da repressão, vinda de todos os lados, aos bigodes masculinos, há alguma chance deles voltarem a ser moda?

Anúncios

Humano por subtração

In Poemas para mim mesmo on 26/04/2010 at 12:42

Estacionado antes do verbo,
ruminando táticas:
desta altura não se pode
mais cair.

Aqui é o lar
dos que julgam
as distinções,
as distâncias,
os critérios.

E é preciso ter medo
de falar,
é preciso ter medo:

Antes do verbo,
a parcimônia
não deixa o sangue
correr
sobre o altar da culpa,
sangue, pão, sacrifício,
aqui nada se sangra,
humano por subtração.

Aqui nada se sangra,
aqui somos todos acolhidos
aqui se deve permanecer
calado.