José Rodrigo Rodriguez

ONG apresenta queixa contra estúdios pornográficos

In Aforismas e fragmentos on 05/10/2009 at 18:14

Estúdios são acusados de não exigir que os atores usem preservativos.

Agência Reuters

A entidade Aids Healthcare Foundation, de Los Angeles, Estados Unidos, apresentou a autoridades norte-americanas queixas contra 16 estúdios de filmes pornográficos da Califórnia, acusando-os de violar regras de segurança trabalhista ao não exigir que os atores usem preservativos.

Como prova, a organização incorporou um lote de 60 DVDs ao processo, e uma ex-atriz se juntou à ação, com uma queixa individual contra outras três produtoras. O objetivo da medida é que a Divisão de Segurança e Saúde Ocupacionais da Califórnia (Cal-OSHA) abra um inquérito sobre o assunto.

Segundo o porta-voz da agência, Dean Fryer, as queixas foram levadas a sério e serão investigadas.

A indústria pornográfica movimenta 12 bilhões de dólares por ano nos Estados Unidos e concentra grande parte de suas atividades no vale de San Fernando, um subúrbio de Los Angeles. A Aids Healthcare Foundation vem realizando vários esforços para proteger a saúde de atores e atrizes que trabalham nesse meio.

No mês passado, a entidade moveu uma ação judicial contra o Condado de Los Angeles, acusando as autoridades sanitárias de não fiscalizarem leis destinadas a conter a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis na indústria da pornografia.

O processo foi aberto após o exame de uma atriz ter dado positivo para o vírus HIV, em junho. Após a revelação, as autoridades divulgaram 16 outros casos até então desconhecidos do público, todos eles registrados desde um surto de 2004, que levou a novas regras sobre testes e notificações no setor.

A fundação alega que as novas queixas comprovam que os atores não usam preservativos durante as filmagens, violando regulamentos estaduais que exigem a proteção de trabalhadores contra agentes patogênicos na troca de fluidos corporais.

De acordo com dados oficiais, mais de 2.800 casos de doenças sexualmente transmissíveis foram diagnosticados entre 1.884 atores e atrizes pornôs no Condado de Los Angeles entre abril de 2004 e março de 2008, e muitas dessas pessoas sofreram múltiplas infecções

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: